sábado, 31 de janeiro de 2015

Resenha do Livro Azul da cor do mar, de Marina Carvalho

Marina Carvalho.
Azul da cor do mar.
Aos onze anos, a Rafaela passava ferias no litoral do Espirito Santo, e um certo dia ela foi em uma praia com a avó, que acabou encontrando uma amiga e ficou conversando. Então, a Rafaela aproveitou o descuido da avó e foi para abeirada da praia molhar os pés nágua. Logo avistou um garoto sentado na areia, e notou que ele olhava fixamente para o horizonte nublado. Ela viu que ele estava  mexendo em sua mochila que de lá tirava um envelope, que ao mesmo tempo se levantou e foi em direção ao mar com o envelope na mão. Deu um mergulho com ele e quando voltou estava com as mãos vazias, e foi se vestiu pegou a mochila e colocou nos ombros e foi nesse momento que seus olhos e o da Rafaela se encontraram e notou que os olhos do garoto eram azuis. Rafaela com vergonha abaixou a cabeça e quando levantou o garoto da mochila xadrez já havia sumido de seu campo de visão.
Desde então, essa imagem nunca sai de sua cabeça. Durante os anos seguintes ela passou a escrever um diário sobre o garoto, sendo criado por sua imaginação como se ele fosse uma pessoa que ela conhecesse pessoalmente.
Agora, com seus 21 anos, Rafaela está no ultimo ano da faculdade de jornalismo e com a ajuda de uma professora, ela conseguiu um estágio no jornal mais famoso de Minas Gerais, o Folha de Minas. Foi elogiada e colocada em uma posição em que poucos estagiários conseguiriam estar, mas Rafa não está totalmente contente. E seu cargo é ficar na cola do repórter investigativo, o Bernardo, com cara de poucos amigos, que só menospreza e a trata mal logo de cara.
Embora seu relacionamento com seu mentor não seja lá das melhores, mas conforme eles vão se aproximando, por quasa do jornal, a Rafaela passa a sentir sentimentos pelo Bernado e acaba dividida entre o garoto da mochila xadrez e o Bernardo. Ela Não admite esses sentimentos pelo carrancudo. Logo isso muda quando uma de suas amigas, a Gisele, que passa a ter interesse em Bernardo, e acaba abalando a relação entre ambas radicalmente, e que  faz Rafaela repensar seus estranhos sentimentos, enquanto se aproximar de Marcelo, que trabalha no jornalismo do jornal e ele tem sido um cavalheiro desde o dia em que ele começou a trabalhar.
Portanto, Rafaela ainda vai ter que aprender muitas coisas em relação ao jornalismo e seus sentimentos.
Sera que a Rafaela vai admitir pra si mesma sobre seus sentimentos?

A Forma que a Marina escreve é tão doce e delicado, que perco a noção do tempo quando eu estava lendo livro. Ele ficou com um gostinho de quero mais. Os personagens, amei todos.

Autor: Marina Carvalho 
Título: Azul da cor do mar
Paginas: 334

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Resenha: Sonhei que amava você, da Tammy Luciano.







Kira tem 22 anos e sonha muito alto. E notasse desde as primeiras páginas do livro o quanto deseja algo que a faça se sentir livre e especial. Tão nova, madura e determinada para conquistar seus objetivos. Ela tem seus receios, mas não tão forte que a impeça de investir em transformações para melhorar as condições de sua vida.
Kira tem uma ótima visão no setor profissional, que conseguiu abrir uma loja de móveis antigos com a ajuda de sua mãe e sua amiga Lelê . Lelê, uma amiga muito parecida com ela, porém é ainda mais despretenciosa, assim como idealista.
Como nem tudo é flores, a Kira se sente um pouco solitária. A sua vida pessoal não é tão resolvida tanto como no profissional, já que nunca namorou.
Mas as coisas começa a mudar quando Kira tem sonhos, e como uma pessoa estranha, lógico que não presta atenção em seus sonhos, porém, surgem com uma frequência impressionante. Não sei qual passagem me encantou mais, afinal de contas o desejo parecia chamar em suas fantasias, tudo parecia fazer muito sentido também quando estava acordada.
Todos os personagens, mesmo secundários, tem um papel sutil e relevante nessa trama, seja o cara misterioso que logo se revela, uma pessoa linda, sensacional e muito carismática, ou os irmãos da Kira que de vez em quando roubam a cena, quando são mencionados. Há vários detalhes para destacar, mas é essencial que o próprio leitor os descubra por si mesmo, para entender essa história linda e romântica. 


Esse livro, eu não tenho palavras para expressar, foi tão bom ler ele que eu ficava com um sorriso bobo, cada frase, cada parágrafo, cada capítulo, lindos demais. (Mas confesso que já esperava) Eu recomendo. A Tammy sempre me surpreende com suas lindas histórias. Ela escreve de uma forma tão linda capaz de fisgar até aqueles de coração de pedra. E a Tammy de alguma forma chama a atenção para mostrar que algo precisa ser mudado ou apenas mais apreendido.


Título: Sonhei que amava você
Autor: Tammy Luciano
Páginas: 204

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Resenha do livro Claro que te amo! da Tammy Luciano


Piera tem certeza, que está cometendo a maior loucura da sua vida, ao assistir o casamento do seu ex-noivo. E olhar essa cena, ela sabe que é hora de encerrar essa fase de sua vida e hora de recomeçar. Como recomeçar se seu coração esta cheio de dor? Depois de ver que seu namoro de seis anos ir por água baixo?

Mesmo assim, Piera, uma garota nova com seus 19 anos já se sente bem, indo em um caminho profissional com a faculdade de arquitetura, com ajuda de suas fiéis amigas e de seu pai. Ai você pode ta se perguntando pela mãe, ela morreu? E a resposta é, não e ainda requer uma analise mais complicada. Coincidência ou não, seus pais namoraram durante seis anos. Seu pai sempre desejou ter uma família completa e feliz, porém sua mãe vivia cada vez mais afastada de corpo e alma.Seu Pai, uma pessoa carismática, que perdoa fácil os erros das pessoas, e se mantém firme para ser uma base forte para sua filha.Sua mãe - Dona Cecília - resolve reaparecer do nada para confundir ainda mais a cabeça de Piera. Como se não bastasse o momento em que seu coração está machucado.

Quer Saber mais sobre a história de Piera? Não perca tempo, adquira já o livro da Tammy Luciano.





Livro: Claro que te amo!
Autora: Tammy Luciano
Paginas:304

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Resenha do livro A Maldição do tigre de Colleen Houck





Olá pessoal, sou a Samilly, e sou nova aqui. Sou uma leitora compulsiva e que devora livros muito rápido, acho muito difícil não ter leitores assim, mais enfim, amo livros, e decidi mostrar um pouco desse amor que tenho por eles, começando a resenhar livros que li e vou ler durante esse ano de 2015, espero que gostem. A primeira resenha, vai ser do meu livro atual, que é A maldição do tigre, 1º volume da saga do tigre.

  

Klesey Hayes, com seus 17 anos, já orfã mora com seus tutores, Sarah e Mike. Kelsey, achava que estava a beira de um precipício, mas ela só estava em uma agência de empregos temporário no Oregon. A vaga que lhe foi dada era para trabalhar em um circo por duas semanas, como não tinha outra escolha aceitou esta oportunidade. Ao chegar no circo ela é arrebatada por uma atração: Um lindo tigre branco. Não imagina que esse lindo tigre é um príncipe Indiano, Alagam Dhiren Rajaram. Ela é atraída pela conexão com o misterioso tigre de olhos azuis, e assim é inundada pela solidão que vê em seus olhos.

Porém, não sabe que ele foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e ela é a única que pode ajudá-lo a quebrar essa maldição. Como uma jovem determinada, ela resolve embarcar nessa grande aventura em ajudar o lindo tigre.

Portanto, essa aventura perigosa que se passa na Índia, onde ela enfrentará forças sombrias, criaturas imortais e mundos misticos, tentando decifrar uma antiga profecia, e que ao mesmo tempo se apaixona loucamente pelo homem, Ren e pelo tigre.  


Livro: A Maldição do tigre

Paginas: 342

Autora: Colleen Houck